Bagdá, 30 jan (EFE).- Um peregrino xiita morreu hoje e seis ficaram feridos em episódios de violência associados a uma tradicional peregrinação ao santuário de Kerbala, informaram fontes oficiais.

Fontes do Ministério do Interior disseram à Agência Efe que um dos ataques aconteceu em um distrito ao sul de Bagdá, onde a explosão de uma bomba, possivelmente uma granada de mão, matou um fiel e feriu outros quatro.

Outros dois xiitas ficaram feridos ao serem alvejados por pessoas não identificadas também ao sul da capital iraquiana.

Em 5 de fevereiro, os xiitas iraquianos lembrarão o Dia de Arbain, festividade que marca o fim dos 40 dias de luto pela morte, no ano 680, do imame Hussein, neto do profeta Maomé, cujo santuário fica em Kerbala, 110 quilômetros ao sul de Bagdá.

Por ocasião dessa comemoração, todos os anos dezenas de milhares de peregrinos xiitas se dirigem a Kerbala para participar dos festejos religiosos. EFE am/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.