Guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia usam cargas explosivas em ações e ferem catorze pessoas

Um total de dez policiais e quatro civis ficaram feridos neste sábado em dois ataques realizados pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) nos departamentos colombianos de Huila e Cauca, informaram as autoridades.

O comandante da Polícia de Huila, coronel Julio César Alvarado, disse a jornalistas que supostos guerrilheiros das Farc ativaram uma carga explosiva contra uma patrulha da instituição que cumpria trabalhos de revista e controle em um setor de Neiva (sul), a capital do departamento.

Nessa ação seis carabineiros da Polícia ficaram feridos, da mesma forma que quatro civis que passavam pelo local, entre eles um menor de idade.

Enquanto isso, no departamento do Cauca (sudoeste), em outro ataque também atribuído às Farc, quatro policiais ficaram feridos.

Os rebeldes atacaram com cargas explosivas uma pequena estação policial, para depois fugir para a floresta.

Os ataques aconteceram enquanto o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, afirmava na Venezuela que dialogará com os grupos guerrilheiros de seu país quando verificar que estes realmente desejam a paz, já que no passado os colombianos foram enganados.

* Com EFE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.