Ataques da esquerda radical alemã a carros de luxo passam para Procuradoria

(Acrescenta investigações da Procuradoria Federal) Berlim, 28 dez (EFE).- Os atentados incendiários em série contra automóveis de luxo, que se tornaram há meses em inimigos número um da esquerda radical, passaram hoje para a Procuradoria Federal, que ficará responsável pela investigação.

EFE |

O sindicato policial (DPoIG) transferiu o caso para a Procuradoria, um ato que vem aumentando especialmente em alguns distritos de Berlim considerados redutos da esquerda, e se estendeu a Hamburgo e a outras grandes cidades alemãs.

A esquerda radical não deu também trégua neste Natal aos que considera símbolos dos "inimigos de classe": os Mercedes e os veículos 4X4.

A Polícia informou hoje que, na madrugada do sábado para domingo, foram incendiados seis carros nos distritos de Kreuzberg e Prenzlauerberg, por isso são 212 os veículos destas características incendiados em Berlim desde que o começo do ano.

As autoridades berlinenses e a Polícia advertem há meses sobre o considerável aumento deste tipo de ação, atribuída à esquerda e aos denominados "grupos autônomos".

Segundo a estatística policial, o número de crimes que podem ser atribuídos a estes grupos radicais duplicou em 2009 a respeito do ano anterior. Estima-se que, em Berlim, há mil militantes de esquerda violentos.

Na maioria dos casos, os incêndios aconteceram no começo da noite ou início da madrugada, com um claro aumento diante de encontros tradicionais da esquerda, como o chamado 1º de Maio Revolucionário ou coincidindo com a cúpula climática em Copenhague.

A Embaixada da Dinamarca em Berlim apareceu neste domingo com inscrições em tinta na fachada, o que é atribuído também aos protestos contra os resultados da cúpula realizada na capital da Dinamarca.

Fontes policiais alertaram sobre o que denominam a "crescente criminalidade nos movimentos de protestos" e o aumento dos atos de violência atribuídos à esquerda radical. EFE gc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG