Ataques contra peregrinos xiitas no Iraque deixam 5 mortos e 39 feridos

Bagdá, 23 dez (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram hoje e 39 ficaram feridas em vários ataques contra peregrinos xiitas no centro e na região sul de Bagdá, segundo fontes do Ministério do Interior do país.

EFE |

As fontes explicaram à Agência Efe que pelo menos três peregrinos xiitas morreram e outros 28 ficaram feridos pela explosão de uma bomba no sudeste da capital.

A explosão aconteceu perto de um grupo de visitantes xiitas que participavam da festividade pelo aniversário do assassinato do imame Hussein bin Ali bin Abi Talib, que termina no domingo.

As pessoas feridas foram transferidas para os hospitais da região, acrescentaram as fontes.

Em outro ataque, pelo menos uma pessoa morreu e outras quatro ficaram feridas pela explosão de uma bomba perto da tenda montada por ocasião das celebrações xiitas em um bairro no centro de Bagdá.

As fontes não afirmaram se as vítimas seguem essa linha religiosa.

Já em um bairro no sul de Bagdá, uma pessoa morreu e outras sete ficaram feridas pela explosão de uma motocicleta bomba perto de um grupo de fiéis xiitas.

Os peregrinos viajam durante esta semana à cidade de Karbala, a 110 quilômetros ao sul de Bagdá, onde está localizado um santuário do imame Hussein e de seu irmão Abbas, duas das imagens religiosas mais consagradas pelos fiéis xiitas.

No domingo, será celebrada a Ashura, a festa mais sagrada para os xiitas, na qual lembram todos os anos o assassinato do imame Hussein, neto do profeta Maomé, o terceiro dos 12 líderes xiitas.

EFE am/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG