Ataques contra forças de segurança afegãs deixam 9 mortos

Cabul, 12 jun (EFE).- Pelo menos nove pessoas morreram nas últimas 24 horas em vários ataques contra as forças de segurança registrados em diferentes pontos do Afeganistão, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

O chefe de segurança da província de Zabul, no leste do país, Ghulam Jilani Farahi, afirmou que quatro policiais morreram quando uma bomba explodiu enquanto os oficiais faziam patrulha no distrito de Shahjoy, ontem.

O porta-voz dos talibãs Qari Muhammad Yousaf Ahmadi assumiu a responsabilidade do ataque e acrescentou que outros dois agentes foram feridos pela explosão.

Na província de Paktya, também no leste, três soldados afegãos morreram hoje por causa da explosão de uma mina colocada em uma estrada em Gardez, capital provincial.

O porta-voz do governador de Paktya, Ruhullah Samoon, acrescentou que outros dois militares ficaram feridos.

E na província de Faryab, que faz fronteira com o Turcomenistão, no norte do país, um chefe policial e seu guarda-costas morreram e mais duas pessoas ficaram feridas em um ataque da insurgência talibã, ontem à noite.

Em comunicado, o Ministério de Interior afegão assegurou que uma patrulha das forças segurança foi atacada quando cobria a rota entre os distritos de Dawlatabad e Shirintagab.

Os ataques de insurgentes contra as forças de segurança afegãs e internacionais são frequentes no Afeganistão, especialmente no sul e no leste do país, principais redutos dos talibãs. EFE lo-mb/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG