Ataques contra a polícia matam 8 no Afeganistão

Militantes do Afeganistão lançaram dois ataques contra a polícia do país que deixaram oito policiais mortos neste domingo. Quatro das vítimas participavam de uma operação para destruir plantações de papoula, planta da qual se extrai o ópio.

BBC Brasil |

Este ataque aconteceu na província de Kandahar, onde o chefe da polícia local afirmou ser preciso mais proteção para as equipes atuarem.

Já o chefe de polícia da província vizinha de Helmand, Khair Uddin Shuja, disse que o Talebã teria emboscado um carro da polícia.

No incidente, outros quatro policiais teriam morrido e pelo menos sete ficaram feridos.

Ataques contra policiais no Afeganistão são freqüentes. No ano passado, mais de 900 homens morreram em episódios assim.

Desaparecidos

Ainda neste domingo, foram encontrados os corpos de quatro líderes tribais e de um motorista que estavam desaparecidos.

A polícia de Helmand disse que os cadáveres foram encontrados dentro de um poço, perto da fronteira com Kandahar.

Mais uma vez, militantes do Talebã foram acusados pelo ataque, mas o grupo negou envolvimento no caso.

Na província de Khost, no leste do país, as autoridades afirmaram que outro líder tribal sobreviveu a um ataque a bomba contra o carro em que viajava, mas pelo menos dois parentes que viajavam com ele, além de outras quatro pessoas, teriam morrido.

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG