Testemunhas afirmaram que explosões atingiram vários alvos em Damatur, como igrejas e sede da polícia. Ao todo, 65 foram mortos

selo

Uma série de ataques com bombas e disparos de armas deixou pelo menos 65 mortos em Damaturu, cidade no nordeste da Nigéria. As testemunhas afirmaram que as bombas atingiram vários alvos na cidade, incluindo igrejas e a sede da polícia do Estado de Yobe, onde fica Damaturu.

Em Lagos, capital comercial do País, os disparos ocorreram durante a noite toda e os moradores de Damaturu teriam fugido. Um porta-voz da Cruz Vermelha afirmou que a maioria dos mortos estava em prédios do governo. 

Leia também: 'Câncer dos EUA' será eliminado, diz acusado de tentar explodir avião

Na sexta-feira (4) uma série de ataques também atingiu a cidade de Maiduguri, a cerca de 80 quilômetros mais a leste, no Estado vizinho de Borno. O grupo islâmico Boko Haram foi responsabilizado pelo ataque. O grupo, cujo nome significa "educação ocidental é proibida", já fez vários ataques contra a polícia e autoridades do governo.

A polícia informou que os ataques em Damaturu pegaram a cidade de surpresa e eles ainda estão tentando determinar o número de feridos. Uma autoridade do governo em Damaturu, que não foi identificada, teria dito à agência de notícias AFP que centenas de feridos estão sendo atendidos no hospital da cidade. Um padre de uma igreja católica da cidade informou que sua igreja foi queimada e outras oito igrejas também foram atacadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.