Ataques aéreos dos EUA matam cinco supostos insurgentes no Iraque

Bagdá, 27 abr (EFE).- Pelo menos cinco supostos insurgentes morreram em vários ataques aéreos americanos no bairro de Cidade de Sadr, no leste de Bagdá, nas últimas 24 horas, informou hoje o comando militar dos Estados Unidos em comunicado.

EFE |

O Exército americano explicou que pelo menos dois supostos rebeldes, a quem chamou de "criminosos", morreram na noite deste sábado atingidos por um míssil Hellfire, lançado de um avião não-tripulado.

Aparentemente, os supostos insurgentes preparavam um ataque com uma bomba, que mais tarde os soldados americanos localizaram e desativaram.

Mais tarde, outra aeronave americana não-tripulada disparou outro míssil contra dois "criminosos armados" e os matou.

Na madrugada passada, as forças americanas abortaram outro atentado com uma bomba e mataram um suposto rebelde, que estava com outro, que conseguiu fugir.

"Os elementos criminosos continuam usando covardemente esses artefatos contra o povo inocente do Iraque e suas forças de segurança", declarou o porta-voz da Coalizão Multinacional, o tenente-coronel Steven Stover.

"Continuaremos utilizando todas as medidas possíveis para eliminar esta ameaça", concluiu.

Hoje, as forças de segurança iraquianas descobriram uma vala comum com 50 corpos a nordeste de Bagdá, informou a agência de notícias independente iraquiana "Aswat al-Iraq".

Segundo as mesmas fontes, entrevistadas pela agência, a vala clandestina foi encontrada por policiais e milicianos sunitas nas proximidades de Baquba, capital da província de Diyala.

As fontes não excluíram a possibilidade de essas pessoas terem sido assassinadas por combatentes da rede terrorista Al Qaeda, de Osama bin Laden, já que, segundo elas, a organização se mostrou ativa na região até junho, quando foi obrigada a fugir por medidas de segurança.

No domingo passado, as forças de segurança descobriram uma vala com 25 corpos perto da aldeia de Abu Taama, também localizada nas proximidades de Baquba.

No mesmo dia, um cemitério clandestino com 16 corpos foi achado pela Polícia na área de Al-Chanafiyat, cerca de 80 quilômetros a oeste da cidade de Al-Diwaniya, no sul de Bagdá. EFE am/wr/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG