Cartum, 21 set (EFE).- Pelo menos 90 pessoas morreram neste fim de semana em uma aldeia remota do sul do Sudão em um ataque de um grupo de homens armados no que aparentemente foi uma disputa tribal, informaram hoje à Agência Efe fontes oficiais.

O ataque foi lançado na madrugada de domingo contra os escritórios da administração local de Dok Badiet, na província de Yonklei, dentro da jurisdição do Governo autônomo do sul do Sudão.

EFE az/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.