Ataque talibã deixa três mortos e 35 feridos no Paquistão

(Atualiza com autoria do ataque) Islamabad, 25 abr (EFE).- Pelo menos três pessoas morreram hoje e mais de 35 ficaram feridas, sete delas em estado grave, em um ataque com carro-bomba cometido pela insurgência talibã paquistanesa contra um mercado da cidade de Mardan, no norte do Paquistão.

EFE |

A explosão, que segundo as primeiras investigações ocorreu dentro de um carro, foi tão forte que pôde ser ouvida em grande parte da cidade, situada na conflituosa Província da Fronteira Noroeste, segundo uma fonte policial citada pelo canal de televisão "Geo".

O grupo talibã Tehreek-e-Taliban Pakistan (Movimento Talibã do Paquistão) do líder tribal Baitullah Mehsud assumiu a autoria do atentado, no qual morreram o proprietário de um hotel, uma criança e o subinspetor de Polícia Furrukh Saeed.

A explosão, que deixou pelo menos 13 agentes policiais feridos, ocorreu junto a uma delegacia de Polícia, que ficou parcialmente destruída, assim como cerca de quinze comércios.

Um porta-voz do movimento talibã citado pela "Geo" disse que o ataque aconteceu em represália pela morte de um dos líderes de sua organização nas mãos da Polícia.

O atentado de hoje ocorre depois do anúncio do fim de hostilidades feito nesta quinta-feira por Mehsud, que está negociando um acordo de paz com o Governo.

Segundo seu porta-voz, apesar do ataque de hoje, o cessar-fogo segue em vigor. EFE igb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG