Ataque supostamente americano mata 11 em região tribal paquistanesa

Islamabad, 14 nov (EFE).- Pelo menos 11 pessoas morreram hoje em um ataque com mísseis supostamente lançados por aviões não tripulados das tropas americanas na demarcação tribal paquistanesa do Waziristão do Norte, fronteiriça com o Afeganistão.

EFE |

Segundo a emissora privada "Geo TV", o ataque também deixou um número ainda não determinado de feridos.

Três mísseis atingiram a casa de um membro de uma tribo identificado como Mir Gül no município de Miranshah.

Uma fonte oficial citada pela emissora de TV "Dawn" aumentou para 12 o número de mortos, entre eles quatro de origem estrangeira.

No dia 7 de novembro, outras 13 pessoas perderam a vida em um ataque similar na região de Jankhel, também no Waziristão do Norte.

As autoridades paquistanesas condenaram os ataques, mas uma fonte militar assegurou recentemente à Agência Efe que os serviços de inteligência de EUA e Paquistão compartilham informações sobre estas ações, que em nenhum caso podem incluir a incursão de tropas estrangeiras em território paquistanês. EFE igb/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG