Ataque suicida mata 23 pessoas no Afeganistão

MEHTAR LAM, Afeganistão (Reuters) - Um ataque suicida cometido com um carro-bomba matou pelo menos 23 pessoas no Afeganistão nesta quarta-feira, incluindo o subchefe da agência de inteligência do país, afirmou o porta-voz do governo de uma província. Sayed Ahmad Safi, porta-voz do governo da província de Laghman, afirmou que o subchefe da Diretoria Nacional de Segurança, Abdullah Laghmani, estava entre os mortos, bem como líderes do conselho provincial e do corpo executivo.

Reuters |

O porta-voz do Taliban Zabihullah Mujahid disse que o ataque foi realizado por um suicida que era membro do grupo.

A bomba explodiu perto de uma mesquita na capital provincial de Mehtar Lam, nas montanhas a cerca de 100 quilômetros de Cabul.

Uma testemunha da Reuters na cidade viu uma caminhonete carregando pessoas feridas cobertas de sangue. Oito ambulâncias deixaram a cena em direção a Jalalabad, a cidade grande mais próxima.

Uma fonte da polícia afirmou que o governador provinciano Lutfullah Mashal também foi ferido, contudo, o porta-voz do governador não pôde confirmar o fato.

(Reportagem de Rafiq Sherzad)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG