Ataque suicida mata 12 e fere 35 no Afeganistão

Cabul, 7 mai (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram hoje e 35 ficaram feridas quando um suicida a bordo de uma motocicleta detonou a carga que transportava na passagem de um comboio das tropas afegãs e internacionais, na província afegã de Helmand, informou à Agência Efe um porta-voz governamental.

EFE |

Dawoud Ahmadi, porta-voz do governador provincial, disse que o atentado ocorreu em um mercado muito movimentado do município de Gereshk, o segundo mais importante de Helmand.

Entre os feridos, estão dois policiais, disse Ahmadi, que não pôde precisar se o atentado causou vítimas entre as tropas internacionais, que, em Helmand, são majoritariamente britânicas.

A fonte, citando testemunhas, disse que pelo menos dois veículos do comboio tiveram danos por causa da explosão.

O atentado de hoje coincide com a visita do secretário de Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, que se encontra em Cabul para revisar com as autoridades afegãs a situação da segurança no país.

Na terça-feira passada, um bombardeio da aviação americana na província ocidental de Farah, vizinha a Helmand, causou a morte de dezenas de civis, segundo o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), mas diversas fontes afegãs consultadas pela Efe situaram em 100 o número de vítimas fatais.

O presidente afegão, Hamid Karzai, ordenou ontem, em Washington, uma investigação para esclarecer o ocorrido. EFE lo-mb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG