PESHAWAR, Paquistão (Reuters) - Um suicida detonou um carro-bomba em um posto de segurança no noroeste do Paquistão nesta quarta-feira, matando nove policiais e três civis, informou a polícia. O suicida detonou seus explosivos ao parar em um posto policial em Charsadda, próximo a Peshawar, a principal cidade no noroeste do Paquistão, disse Riaz Mohammad, alta autoridade da polícia local.

"Eles tentaram pará-lo mas ele se explodiu", disse ele.

Nenhum grupo assumiu a autoria do ataque mas militantes paquistaneses do Taliban, aliados da Al Qaeda e baseados em redutos de territórios sem lei na fronteira com o Afeganistão, têm realizado inúmeros ataques semelhantes nos últimos dois anos.

A violência crescente pelo Paquistão e o aumento da influência do Taliban na região noroeste alimentam temores sobre a estabilidade do Paquistão, país que detém armas nucleares, um importante aliado dos Estados Unidos e vital em esforços para estabilizar o vizinho Afeganistão.

(Reportagem de Alamgir Bitani)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.