Ataque suicida duplo mata pelo menos 23 no Iraque

Pelo menos 23 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em dois ataques suicidas a bomba em uma mesma rua de Ramadi, no Iraque, nesta quarta-feira. O governador da província de Ambar, Qassim Mohammed, ficou ferido na segunda explosão após ter saído de seu gabinete para averiguar o que teria ocorrido com a primeira bomba.

BBC Brasil |

O atentado ocorreu na zona verde de Ramadi, onde se situam vários prédios do governo e onde a segurança é bastante reforçada.

Os militantes teriam conseguido entrar na área com carros aparentemente oficiais e em seguida detonaram os explosivos.

Segundo o correspondente da BBC em Bagdá, Jim Muir, a província de Ambar era relativamente tranquila, mas nos últimos meses tem sido palco de cada vez mais ataques.

O Iraque se prepara para ter eleições gerais em março e, de acordo com Muir, isso pode estar influenciando a situação na província.

Anbar era o coração da insurgência sunita do Iraque logo após a queda do então presidente Saddam Hussein, em 2003, mas conseguiu uma certa segurança quando líderes tribais locais se viraram contra militantes da rede Al-Qaeda, em 2006.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG