Ataque suicida deixa pelo menos três mortos na Caxemira paquistanesa

Islamabad - Pelo menos três membros das forças de segurança morreram e mais de uma dezena de pessoas ficaram feridas em um ataque suicida registrado hoje na Caxemira paquistanesa (nordeste), informaram fontes policiais.

EFE |

O ataque aconteceu na zona de Tararkhal, situada na localidade de Rawala Kot, segundo fontes policiais citadas por diferentes canais de televisão, que informaram que os feridos já foram transferidos para o hospital militar da cidade.

O suposto alvo do ataque eram quartéis do Exército na zona, mas as forças de segurança conseguiram interceptar o suicida à entrada do local, onde ele se detonou.

De acordo com o canal televisivo "Geo", quatro das pessoas feridas se encontram em estado crítico.

Rawala Kot está situada na parte paquistanesa do vale da Caxemira, uma zona repartida e disputada entre Índia e Paquistão desde a independência e partilha do subcontinente indiano, no ano de 1947, e causa de várias guerras entre ambos.

Nos últimos três meses, o Paquistão está sendo palco de uma onda de violência terrorista que já matou mais de 750 pessoas.

A maioria dos atentados foi reivindicada pelos talibãs, contra quem as forças de segurança combatem atualmente em várias zonas do noroeste.

Leia mais sobre: Paquistão

    Leia tudo sobre: caxemirapaquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG