Ataque suicida deixa pelo menos 11 mortos e 40 feridos no Paquistão

Islamabad, 6 nov (EFE).- Pelo menos 11 pessoas morreram hoje e mais de 40 ficaram feridas em um ataque suicida cometido por membros da insurgência talibã contra uma assembléia tribal na demarcação paquistanesa de Bajaur, na fronteira com o Afeganistão, informou a imprensa paquistanesa.

EFE |

Uma fonte oficial, citada pela rede privada "Dawn", elevou o número de vítimas para 12 e afirmou que a insurgência talibã assumiu a autoria do ataque.

O atentado ocorreu na zona de Salarzai e tinha como alvo uma "jirga" (conselho de notáveis) que discutia no momento do ataque a formação de milícias locais para lutar contra os talibãs, informaram testemunhas.

Os feridos, muitos deles em estado crítico, foram levados a um hospital da capital do distrito, Khar.

As forças de segurança paquistanesas realizam desde o início de agosto uma operação em Bajaur na qual mais de 1,5 mil insurgentes morreram, segundo o Exército.

Além disso, há várias semanas, algumas tribos locais estão formando milícias, com apoio das autoridades e do Exército, para combater os talibãs na zona.

Mais de 190 mil civis tiveram que abandonar Bajaur desde agosto, em conseqüência dos confrontos, segundo fontes oficiais.

O Exército voltou hoje a bombardear os esconderijos dos insurgentes em diversas zonas da demarcação, com 15 mortos, segundo uma fonte militar, citada pela "Dawn". EFE igb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG