Ataque suicida deixa 20 mortos na Inguchétia

Por Said Tsarnayev NAZRAN, Rússia (Reuters) - Um homem-bomba detonou um caminhão com explosivos em uma sede da polícia na região russa da Inguchétia nesta segunda-feira, deixando ao menos 20 mortos e mais de uma centena de feridos.

Reuters |

A explosão foi a última de uma série de ataques contra a polícia e políticos na região russa, de maioria muçulmana, no norte do Cáucaso que, segundo autoridades, seria de autoria de insurgentes islâmicos contrários ao controle do Kremlin.

O presidente russo, Dmitry Medvedev, determinou ao ministro do Interior que sejam tomadas medidas adicionais para garantir a segurança na região, que faz fronteira com a Chechênia.

O caminhão explodiu no portão da base policial, na maior cidade da Inguchétia, Nazran, no momento em que oficiais faziam fila para começar o dia de trabalho, disse à Reuters o vice-ministro do Interior, Zyaudin Dourbekov.

"O homem-bomba conduziu o caminhão Gazel até o prédio e detonou o dispositivo", disse Dourbekov.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG