Ataque suicida atinge ministério afegão

Um ataque suicida dentro de um prédio do governo deixou pelo menos três mortos nesta quinta-feira em Cabul, no Afeganistão. Muitas pessoas teriam ficado feridas na explosão, ocorrida no Ministério da Cultura e Informação, no centro da capital.

BBC Brasil |

O prédio ficou seriamente danificado, com pedaços de vidro e equipamentos de escritório espalhados pelo local. Outros prédios também foram atingidos.

A segurança ao redor de prédios ministeriais em Cabul é geralmente reforçada, e ataques desse tipo não são comuns.

O Talebã assumiu responsabilidade pelo atentado. Relatos ainda não confirmados dão conta de que o suicida teria matado dois guardas antes de entrar no prédio.

Caos e tensão
Um funcionário do ministério disse ao correspondente da BBC Ian Pannell que dois ou três homens teriam forçado a entrada no prédio, passando pelos guardas de segurança.

Um deles estaria usando um explosivo que ele detonou depois.

Após a explosão, o local foi tomado por tensão, caos e uma forte presença policial - havia informações de que um dos cúmplices do suicida poderia ainda estar na região.

Ataques suicidas contra forças afegãs e estrangeiras são comuns ao redor do país, mas atentados desse tipo em Cabul têm sido relativamente raros.

No entanto, quase sessenta pessoas morreram em um ataque à embaixada indiana em Cabul em julho.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG