Ataque no Marrocos matou franceses, canadenses e holandês

Sete das 15 vítimas do atentado em Marrakech foram identificadas, segundo Ministério do Interior

iG São Paulo |

O Ministério do Interior do Marrocos afirmou nesta quinta-feira que dois franceses, dois canadenses e um holandês foram identificados entre os 15 mortos do atentado que aconteceu na véspera em Marrakech. Dois marroquinos também já foram identificados entre as vítimas.

O atentado em Marrakech deixou 20 feridos, incluindo franceses e holandeses. Segundo autoridades, o quadro de saúde dos estrangeiros não é grave. O governo também informou que a bomba foi ativada à distância, por um aparelho de controle remoto.

AP
Explosão danifica prédio de café popular entre turistas que visitam Marrakech, no Marrocos
O ataque aconteceu em um café e restaurante bastante popular entre turistas, o Argana, localizado na praça Djemma el-Fna. "Inicialmente trabalhamos com a hipótese de acidente, mas dados preliminares da investigação indicam que estamos lidando com um ato criminoso", afirmou o porta-voz do governo, Khalid Naciri.

Segundo o ministro do Interior marroquino, Taib Cherqaoui, o estilo de arquitetar o ataque se parece com os realizados pela Al-Qaeda. "O jeito nos lembrou o estilo geralmente utilizado pela Al-Qaeda", disse. "E isso nos levar a pensar que há a possibilidade de mais perigo adiante".

Um turista britânico que estava próximo ao local da explosão relatou momentos de tensão. "Houve um grande barulho, muita fumaça começou a sair e destroços caíam do céu", contou Andy Birnie à agência AP. "Centenas de pessoas correram, em pânico."

Ninguém assumiu autoria pelo pior ataque no Marrocos desde 2003. Autoridades marroquinas desmantelaram células do grupo diversas vezes e chegou a impedir alguns atentados. Milhares de islamitas, suspeitos ou culpados de terrorismo, estão em prisões marroquinas.

O pior ataque da história do Marrocos aconteceu em 2003 em Casablanca e deixou 45 mortos - incluindo dois homens-bomba. Acredita-se que um grupo militante islâmico tenha sido responsável pelo atentado.

*Com AP e EFE

    Leia tudo sobre: marrocosmarrakeshataqueterrorismoatentado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG