Pelo menos 11 soldados paquistaneses morreram e nove ficaram feridos quando um míssil disparado do vizinho Afeganistão atingiu um posto militar nesta quarta-feira.

O ataque aconteceu após violentos confrontos entre tropas paramilitares paquistanesas mobilizadas na região tribal de Mohmad e forças afegãs, que alegavam que a zona integra o território de seu país.

As forças paquistanesas responsáveis por vigiar a fronteira com o Afeganistão interceptaram na noite de terça-feira soldados afegãos que tentavam instalar um posto de controle em território paquistanês, segundo fontes do Paquistão que pediram anonimato.

A região tribal de Mohmad é um dos redutos dos talibãs paquistaneses e dos combatentes da Al-Qaeda.

Os problemas na fronteira entre Paqukistão e Afeganistão são freqüentes desde o fim de 2001, quando as forças internacionais lideradas pelos Estados Unidos expulsaram os talibãs do poder em Cabul, sob a acusação de que estes abrigavam e apoiavam Osama bin Laden e a Al-Qaeda.

Leia mais sobre: Paquistão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.