Ataque muçulmano deixa 8 mortos em povoado cristão na Nigéria

Confronto ocorreu na localidade de Mazzah durante esta madrugada

AFP |

Oito pessoas morreram a golpes de machado neste sábado em um ataque de muçulmanos contra um povoado cristão no centro da Nigéria, em que uma igreja e sete casas foram incendiadas, informou o Exército local. Os muçulmanos entraram na localidade de Mazzah durante a madrugada, disparando para o ar para atrair os moradores para fora de casa e, em seguida, assiná-los.

As autoridades mobilizaram tropas militares em Mezzah para evitar uma escalada de violência. No início da semana, pelo menos oito pessoas morreram e 40 ficaram feridas no leste da Nigéria em confrontos entre cristãos e muçulmanos, durante os quais foram incendiadas seis mesquitas e uma igreja.

Os confrontos explodiram na cidade de Wukari, oeste do Estado, entre jovens muçulmanos e jovens cristãos devido à construção de uma mesquita. Taraba, um dos 36 estados da federação nigeriana, é majoritariamente cristão. Em março pasado, os muçulmanos das etnias Fulani e Hausa lançaram ataques contra cinco povoados próximos à cidade, deixando mais de 500 mortos.

A Nigéria, país mais povoado da África, com 150 milhões de habitantes, é majoritariamente muçulmano no norte e cristão no sul. A população está dividida entre as duas religiões, e regularmente entram em choques de carácter étnico ou religioso, principalmente no norte.

    Leia tudo sobre: nigériaataquesmuçulmanos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG