Ataque mata 12 no Paquistão; bomba mata mais 11

Por Alamgir Bitani PESHAWAR, Paquistão (Reuters) - Um carro carregado com morteiros explodiu em uma rua movimentada da cidade paquistanesa de Peshawar neste sábado, matando 11 pessoas horas depois que uma aeronave espiã suspeita de ser dos Estados Unidos disparou mísseis contra militantes em outra região do país. O ataque matou 12 pessoas.

Reuters |

A violência surgiu em meio ao confronto do Exército do Paquistão contra militantes do Taliban no vale do Swat, no noroeste do país. A ofensiva forçou mais de 900 mil pessoas da região a abandonar suas casas.

A explosão em Peshawar aconteceu quando um ônibus escolar passava pela rua. Entre os mortos estão quatro crianças que estavam no veículo, informou a polícia. Peshawar é a principal cidade no noroeste do Paquistão.

Não houve reclamação de responsabilidade sobre a explosão, mas autoridades do governo tinham feito alertas sobre o perigo de ataques com bombas por parte de militantes em resposta à ofensiva no vale.

Autoridades paquistanesas afirmaram que o ataque do avião espião suspeito dos EUA matou 12 militantes, incluindo dois árabes. As identidades dos mortos são desconhecidas.

Os EUA, alarmados com a deterioração do nível de segurança no Afeganistão, aumentou os ataques com aviões espiões contra militantes do Taliban e da Al Qaeda no Paquistão, no ano passado, apesar das objeções do governo paquistanês.

Mais de 330 pessoas foram mortas em 40 ataques disparados dessas aeronaves desde o início do ano passado, segundo números recolhidos entre autoridades paquistanesas e moradores.

O Paquistão afirma que os aviões espiões violam sua soberania e minam os esforços para se lidar com os militantes porque eles inflamam ódio público e incentivam o apoio à resistência.

Autoridades dos EUA afirmam que os ataques com mísseis são promovidos sob um acordo com Islamabad que permite aos líderes paquistaneses criticarem as ofensivas em público. O Paquistão nega.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG