Ataque israelense mata mãe e quatro crianças em Gaza

Por Nidal al-Mughrabi GAZA (Reuters) - Um ataque israelense atingiu uma casa na Faixa de Gaza na segunda-feira, matando seis palestinos, entre eles a mãe e quatro de seus filhos, disseram moradores e autoridades médicas.

Reuters |

As mortes na cidade de Beit Hanoun, no norte de Gaza, são mais um desafio aos esforços egípcios para forjar um cessar-fogo entre Israel e os grupos militantes, além de acabar com a violência que ameaça as negociações para um Estado palestino, mediadas pelos Estados Unidos.

'Esta agressão não ajuda os esforços que têm sido feitos para alcançar a calma, e obstrui o processo de paz', disse o presidente da autoridade palestina, Mahmoud Abbas, referindo-se às atividades militares israelenses, em um comunicado publicado pela agência de notícias Wafa.

Médicos e moradores de Beit Hanoun, de onde militantes frequentemente lançam foguetes contra Israel, disseram que um projétil israelense destruiu o teto de uma casa, onde uma família tomava café da manhã.

Eles disseram que morreram quatro crianças -- irmãos cujas idades variavam de 1 a 5 anos -- e sua mãe. 'Eles estavam comendo e, então, foram atingidos', disse um vizinho.

Um civil palestino de 17 anos que passavam en frente à casa também morreu na explosão, disseram os médicos.

Separadamente, soldados israelenses mataram um atirador palestino da Jihad Islâmica durante as lutas na cidade, disse a facção.

O Exército israelense disse que aviões e um tanque atacaram grupos de militantes que tentavam se aproximar das tropas na cidade, mas nenhuma casa foi atingida.

'Há várias versões deste acontecimento, que estão sendo investigadas', disse o Major Avital Leibovich, disse uma porta-voz do Exército israelense, sobre as mortes na casa.

'O que eu posso dizer agora é que os militantes que atacaram nossas tropas fizeram isso de uma área populosa, entre as casas', disse ela. 'Este é outro exemplo de como eles usam civis como escudos humanos para suas atividades terroristas.'

(Reportagem de Nidal al-Mughrabi)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG