Ataque israelense mata 4 milicianos e 1 criança no sul de Gaza

Gaza, 29 dez (EFE).- Quatro milicianos palestinos e o filho de um deles morreram hoje em um novo bombardeio israelense sobre a Faixa de Gaza, onde pelo menos 320 pessoas já morreram desde que começou a ofensiva aérea israelense, na manhã de sábado.

EFE |

O ataque ocorreu às 13h locais (9h de Brasília) na localidade de Abasan al Kabira, ao leste de Khan Yunes (sul de Gaza), quando aviões israelenses dispararam contra um veículo no qual viajavam integrantes das Brigadas Al Quds, braço armado da Jihad Islâmica, segundo fontes médicas informaram à Agência Efe.

Entre os falecidos se encontra Riad Abu Ter, membro destacado da milícia, e seu filho de oito anos, Ziad, que viajava com ele no carro.

O último ataque elevou a pelo menos 320 o número de mortos em Gaza desde o início da operação israelense "Chumbo Fundido", que também feriu 1.400 pessoas, das quais cerca das 200 se encontram em estado de extrema gravidade. EFE sa'ar-aca/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG