Ataque israelense mata 2 milicianos da Jihad Islâmica em Gaza

Gaza, 4 mar (EFE).- Dois milicianos da Jihad Islâmica morreram hoje em um ataque aéreo israelense na Faixa de Gaza, e no qual cinco pessoas ficaram feridas, disseram fontes médicas locais e testemunhas.

EFE |

O chefe do serviço de emergência do Ministério da Saúde em Gaza, Moawiya Hassanein, disse à imprensa que um míssil disparado hoje do ar contra um veículo que circulava pelo norte da Faixa de Gaza causou os dois mortos e os feridos.

O ataque aconteceu em resposta aos contínuos disparos de foguetes e bombas realizados por facções e pequenos grupos armados palestinos em Gaza contra o sul do território israelense.

Estes incidentes acontecem apesar do cessar-fogo declarado de forma unilateral tanto por Israel quanto pelas facções palestinas que colocou fim a 22 dias de ofensiva militar israelense em Gaza.

O braço armado da Jihad Islâmica, as Brigadas de Jerusalém, disse que dois de seus militantes morreram no ataque aéreo contra o veículo onde viajavam, que circulava junto às imediações do campo de refugiados de Jabalya.

Horas antes, de manhã, caças-bombardeiros da Força Aérea israelense atacaram posições no sul de Gaza, na altura da localidade de Rafah, e destruíram vários túneis cavados pelos aldeões para introduzir armamento e outros materiais em Gaza a partir do território egípcio.

O Exército israelense disse estar investigando as informações sobre o ataque aéreo. EFE sar-db/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG