Ataque israelense contra Gaza mata 1 miliciano e fere 2 menores

Gaza, 11 fev (EFE).- Um ataque israelense contra a Faixa de Gaza matou hoje um miliciano palestino e feriu uma menina de 5 anos e outra de 15, informaram fontes médicas.

EFE |

O bombardeio teve como alvo o campo de refugiados de El Bureij, na parte leste da faixa territorial, onde caíram vários projéteis disparados de canhões situados no lado israelense da fronteira.

Um dos foguetes matou um membro das Brigadas de Ezzedine al-Qassam, o braço armado do Hamas, que governa Gaza desde 2007.

As duas meninas feridas, que são irmãs, foram atingidas pelos estilhaços de um projétil que atingiu a casa em que vivem, nos arredores do campo de El Bureij, perto da fronteira com Israel.

Testemunhas disseram que, depois do bombardeio, milicianos palestinos e soldados israelenses trocaram tiros na divisa entre os dois territórios.

O intenso bombardeio também impediu a passagem de ambulâncias palestinas e a chegada de paramédicos ao local das explosões.

Procurado pela Agência Efe, o Exército israelense confirmou que, durante a manhã, houve confrontos na fronteira.

"Houve duas incidências: a primeira às 7h (3h de Brasília), na qual soldados responderam a um ataque de homens armados junto à cerca de segurança, e outro três horas depois, quando um avião bombardeou uma área ao lado do terminal comercial de Karni", disse uma porta-voz militar.

Nas últimas horas, um segundo miliciano das Brigadas de Ezzedine al-Qassam morreu em Gaza em circunstâncias ainda não esclarecidas, quando estava em "uma missão especial da jihad (guerra santa)", segundo um panfleto enviado à imprensa. EFE Sar/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG