Ataque deixa mais de 50 mortos no Paquistão

Atentado, o terceiro desta semana contra a minoria xiita paquistanesa, deixou pelo menos 54 mortos e 160 feridos em Quetta

iG São Paulo |

Um ataque deixou pelo menos 54 mortos e 160 feridos nesta sexta-feira durante uma manifestação anual pró-palestinos e contra o controle de Jerusalém por parte de Israel na cidade de Quetta, no sudoeste do Paquistão, informou a polícia. A televisão exibiu imagens de uma coluna de fumaça e do caos nas ruas, com pessoas correndo ou abaixadas para evitar tiros. Segundo a rede de TV CNN, o número de mortos seria de 59.

AP
Feridos ficam deitados em estrada após explosão durante procissão xiita em Quetta, no Paquistão
A bomba explodiu por volta das 15h (horário local, 7h de Brasília) em meio a 2,5 mil xiitas (20% da população paquistanesa) que participavam da manifestação na região de Mizan Chowk da cidade, em um ato convocado por uma organização estudantil. Eles participavam do Dia de Jerusalém, acontecimento internacional anual da comunidade xiita, que não aceita o controle de Israel da cidade sagrada.

"Várias pessoas morreram e outras ficaram feridas", declarou Asif Ghafoor, chefe de polícia de Quetta, capital da província do Baluchistão.

Após a explosão, algumas pessoas iniciaram protestos, destruíram lojas e atiraram para o ar, segundo a imprensa paquistanesa, que acrescentou que entre os feridos há vários jornalistas. As forças de segurança isolaram a região, enquanto os feridos foram levados para hospitais próximos.

Com essa ação, já são três os ataques terroristas registrados nesta sexta-feira no Paquistão, com os outros dois tendo sido lançados no noroeste do país.

Duas horas antes, um suicida detonou a carga explosiva que levava ao ser interceptado pelas forças de segurança na entrada de um templo da seita minoritária islâmica ahmedi na cidade noroeste de Mardan; a explosão matou um guarda e causou ferimentos em três fiéis.

No começo da manhã, a detonação de uma bomba por controle remoto durante a passagem de um furgão policial matou um policial e feriu outros três nos arredores da cidade de Peshawar, capital da Província de Jaiber-Pajtunjua.

Xiitas na mira

O ataque desta sexta-feira é o terceiro contra a minoria xiita do país. Na quarta-feira, os xiitas também terem sido alvo de ataque em Lahore , no leste do país. O número de mortos desse ataque subiu de 25 na quarta-feira para 35 na quinta-feira.

Pouco depois da explosão de três bombas em Lahore, uma multidão incendiou uma delegacia e veículos de polícia. Policiais também foram espancados, disseram testemunhas.

*EFE, AFP e AP

    Leia tudo sobre: paquistãoataqueTalebanterrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG