Islamabad, 4 abr (EFE).- Pelo menos 13 pessoas morreram em um ataque com mísseis feito supostamente por um avião não-tripulado dos Estados Unidos, no conflituoso cinturão tribal paquistanês fronteiriço com o Afeganistão, informou hoje o canal local Geo TV.

De acordo com a TV, dois mísseis atingiram de noite a residência de um homem identificado como Tariq Khan na capital da região tribal do Waziristão do Norte.

Segundo a "Geo", que não citou suas fontes, no ataque morreram três mulheres, quatro crianças e vários estrangeiros, termo geral com o qual a imprensa local se refere a membros não paquistaneses da rede terrorista internacional Al Qaeda. EFE igb/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.