Ataque de avião americano mata 7 na região tribal paquistanesa

Islamabad, 25 mar (EFE).- Pelo menos sete pessoas morreram hoje em um ataque com mísseis supostamente lançado por um avião não-tripulado americano na região tribal paquistanesa fronteiriça com o Afeganistão, informou uma fonte oficial.

EFE |

O ataque ocorreu na zona de Makeen, situada na demarcação do Waziristão do Sul, reduto do líder dos talibãs paquistaneses, Baitullah Mehsud, segundo a fonte, citada pelo canal privado "Express TV".

De acordo com esta versão, os mísseis atingiram a casa do clérigo Shafiq, um líder fundamentalista da zona, destruíram dois veículos e mataram sete insurgentes, a maioria deles de origem estrangeira.

Uma fonte de inteligência disse à Agência Efe que a área de Makeen "sempre foi um lugar de confluência de grupos insurgentes".

Nos últimos meses, os ataques de aviões espiões dos Estados Unidos nas áreas tribais paquistaneses aumentaram consideravelmente.

EFE igb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG