Ataque das Farc deixa pelo menos 4 mortos e 45 feridos

Ações foram comandadas no departamento de Cauca, de acordo com autoridades

EFE |

Pelo menos quatro pessoas morreram e 45 ficaram feridas em ataques simultâneos de facções das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) lançados neste sábado contra localidades do departamento do Cauca, confirmaram as autoridades. O prefeito de Toribío, uma das cidades afetadas, Carlos Alberto Banguero, informou que dois civis morreram e 45 ficaram feridos em sua jurisdição, após os rebeldes terem lançado cilindros de gás repletos de estilhaços e explosivos contra edificações da localidade.

Outras duas pessoas morreram após uma explosão, aparentemente de um carro-bomba, registrada perto de uma delegacia de Corinto, outro município do Cauca. "Temos duas pessoas mortas e mais de 45 feridas", disse Banguero às emissoras de rádio ao fazer um apelo por reforços.

Algumas casas da área urbana foram afetadas pelo ataque, assim como um centro de saúde e o comando de controle da Polícia . Os feridos foram levados a hospitais locais, embora os ataques estejam impedindo o tráfego de veículos em estradas vizinhas às localidades atacadas.

A Polícia e o Exército tentam controlar a situação com apoio da Força Aérea Colombiana (FAC). De Cali, capital de Valle del Cauca, e Popayán, capital do Cauca, foram enviados reforços, entre eles helicópteros e tropas terrestres, que desativaram algumas minas abandonadas pelos rebeldes para impedir a chegada de reforços às localidades atacadas.

    Leia tudo sobre: farccolômbiaataquesviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG