Pelo menos 90 pessoas, em sua maioria talibãs, morreram nesta sexta-feira em um ataque aéreo da Otan contra dois caminhões-tanque no norte do Afeganistão.

A Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan anunciou que investiga as informações de que civis morreram no bombardeio contra os caminhões, que haviam sido sequestrados pelos talibãs na província de Kunduz.

"Noventa pessoas morreram e em sua maioria são talibãs. Foi um ataque aéreo das forças da Otan", declarou à AFP Mahbubullah Sayedi, porta-voz do governo de Kunduz.

"Uma pequena quantidade de vítimas é de civis locais, incluindo algumas crianças, que buscavam gasolina gratuita", completou, sem revelar mais detalhes.

O Exército alemão negou pouco antes que o ataque tivesse provocado vítimas civis e anunciou a morte de 56 talibãs no bombardeio.

str-wm/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.