Ataque da guerrilha contra ônibus mata um no Sri Lanka, segundo Governo

Nova Délhi, 14 fev (EFE).- Uma pessoa morreu e pelo menos 13 ficaram feridas em um ataque com granada e armas leves da guerrilha tâmil contra um ônibus que transportava civis no nordeste do país, afirmou hoje, em comunicado, o Governo do Sri Lanka.

EFE |

Segundo o Ministério da Defesa cingalês, os "terroristas" da guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) atacaram o ônibus na madrugada passada na localidade de Pulliyankulama e mataram uma mulher, além de deixar quatro crianças feridas.

No ônibus, viajava um grupo de civis que estava sendo evacuado da zona, segundo a versão do ministério.

"Os feridos serão agora tratados no hospital governamental de Vavuniya", distrito no norte da ilha sob o controle das tropas do Sri Lanka, afirmou o ministério.

O site Tamilnet, afim ao LTTE, não publicou, por enquanto, nenhuma informação sobre o suposto atentado. EFE amp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG