Carro de polícia é alvejado em estrada e outros 3 policiais ficam feridos. Polícia e Exército de Israel buscam autor de disparos

Um policial israelense morreu e três ficaram feridos em um ataque com armas automáticas registrado nos arredores da cidade palestina de Hebron, na Cisjordânia ocupada, informaram fontes médicas e policiais. O ataque ocorreu na altura da colônia judia de Bet Hagay, em uma estrada que conduz a Beer Sheva, no sul israelense.

Um porta-voz policial israelense disse que "indivíduos abriram fogo contra um carro patrulha da polícia que passava pela região e feriram os ocupantes".

Policial israelense observa marca de bala que atingiu espelho da viatura policial
Reuters
Policial israelense observa marca de bala que atingiu espelho da viatura policial

Três dos agentes sofreram ferimentos graves e foram levados para o hospital Hadassah Ein Karem de Jerusalém, onde um deles morreu horas depois, informam meios locais. Um quarto policial, com ferimentos leves, foi transferido ao hospital de Beer Sheva. Ele contou que as várias rajadas partiram da margem esquerda da estrada.

Inúmeros soldados do Exército israelense estão na região em busca dos autores dos disparos, supostamente milicianos palestinos.

Trata-se do primeiro ataque em seis meses contra israelenses em estradas do território palestino. O último foi em dezembro, quando um rabino residente na colônia de Shavei Shomron, no norte da Cisjordânia, foi atingido por disparos.

Na sexta-feira, um palestino foi morto na parte leste de Jerusalém ao ser atingido por disparos de dois policiais israelenses que tentou atropelar, segundo a versão israelense dos fatos. A versão palestina garante que os agentes dispararam por ele não ter parado em uma barreira policial.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.