Ataque contra grupo extremista faz vítimas no Paquistão

Ação de homem-bomba em frente a mesquita deixou ao menos 23 mortos depois das orações de sexta-feira

iG São Paulo |

Um homem-bomba lançou nesta sexta-feira um ataque contra o grupo insurgente Lashkar-e-Islam no noroeste do Paquistão, deixando ao menos 23 mortos.

O ataque suicida ocorreu em frente a uma mesquita na região tribal de Khyber. A ação contra o grupo extremista ocorreu logo depois da oração da tarde, de acordo com uma fonte das autoridades de Khyber, demarcação tribal localizada na fronteira com o Afeganistão.

Outras oito pessoas ficaram feridas por conta da explosão, registrada na região onde atuam diferentes grupos islâmicos e criminosos armados.

Segundo meios de comunicação paquistaneses, uma facção talibã ligada à tribo Afridi, proeminente em Khyber, reivindicou o ataque suicida.

Geopolítica: Entenda por que o Afeganistão é estratégico

O atentado ocorreu depois de violentos combates na área na quinta-feira à noite, nos quais morreram oito soldados paquistaneses e outros 22 insurgentes que seriam ligados ao grupo.

Tensão

Nos últimos meses, o triângulo tratégico por Khyber e as regiões tribais vizinhas de Orakzai e Kurram se transformou em palco de violência em meio à disputa entre o Exército e grupos jihadistas.

Em outubro, cerca de 18 mil habitantes tiveram de fugir da região por medo dos combates.

*Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: paquistãoataquemesquitalashkar-e-islam

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG