Atentado, que teve como alvo um depósito de combustível, foi atribuído aos talibãs

Sete pessoas morreram carbonizadas e três sofreram queimaduras nesta sexta-feira (6) depois de um ataque que incendiou a caminhonete em que viajavam no sul do Afeganistão, informaram fontes policiais.

Atentado, que teve como alvo um depósito de combustível, foi atribuído aos talibãs
AFP
Atentado, que teve como alvo um depósito de combustível, foi atribuído aos talibãs
O ataque aconteceu no distrito de Panjwai, na província de Kandahar, precisaram as fontes, citadas pela agência independente "AIP".

O atentado, que teve como alvo um depósito de combustível, foi atribuído aos talibãs, que têm na área um de seus principais redutos.

"O depósito se incendiou e as chamas alcançaram a caminhonete", explicou o chefe policial do distrito, Sardar Muhammad.

A fonte disse desconhecer se o local pertencia às forças internacionais destacadas na zona.

O ataque aconteceu no começo da manhã local e até o meio-dia nenhuma organização armada havia assumido sua autoria.

Berço do movimento talibã, a província de Kandahar é cenário frequente de ataques insurgentes contra o Exército afegão e a missão da Otan desdobrada no país asiático.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.