Ataque com mísseis mata pelo menos 11 rebeldes no Paquistão

(aumenta número de mortos e acrescenta detalhes). Islamabad, 16 mar (EFE).- Pelo menos 11 pessoas, morreram hoje, entre elas vários insurgentes, e duas ficaram feridas em um ataque com mísseis supostamente lançados por um avião não-tripulado dos Estados Unidos contra o conflituoso cinturão tribal paquistanês na fronteira com o Afeganistão, informou a emissora Geo TV.

EFE |

Pelo menos quatro mísseis atingiram um esconderijo dos fundamentalistas no distrito de Datta Khel, na demarcação do Waziristão do Norte, região em que membros da Al Qaeda e talibãs paquistaneses e afegãos também costumam buscar abrigo.

Segundo um recente relatório do Instituto do Paquistão para Estudos da Paz, aviões americanos não-tripulados efetuaram 32 ataques deste tipo no país em 2008 e 51 em 2009.

Desde que começou o ano, já houve cerca de 30 ações similares nas áreas tribais paquistanesas, a maioria na mesma demarcação atacada hoje.

O Governo paquistanês rejeita em público os ataques, mas fontes oficiais dos EUA e do Paquistão, consultadas pela agência Efe, reconheceram que os serviços de inteligência dos dois países cooperam para realizar as ações. EFE igb/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG