Ataque com gás contra escola em Cabul intoxica 20 alunas

Atentado acontece três dias após um fato similar em outro centro de educação da mesma região

EFE |

Ao menos 20 alunas ficaram intoxicadas neste sábado devido a um gás tóxico lançado por desconhecidos no interior de um instituto de Cabul, informaram fontes médicas e do centro de educação. O fato ocorreu nesta manhã no colégio Zabihullah Asmati da capital afegã, três dias após produzir-se um fato similar em outro centro de educação da mesma região no qual 40 estudantes ficaram inconscientes após inalar um gás.

Em entrevista ao canal afegão "Tolo", um dirigente do hospital disse que 20 estudantes e um professor ingressaram no hospital para receber tratamento. "Estava em aula quando um carro chegou e atirou algo para o interior da sala. Houve uma espécie de nevoeiro e a partir daí não sei mais o que aconteceu", contou o professor à emissora de televisão.

Em declarações à agência "AIP", a coordenadora da escola diretora do instituto, Muneza Mukhtar, quem também sentiu enjoos, situou o número de estudantes afetados em 22 e o de professores em dois. Segundo ela, uma das pessoas está em estado crítico. De acordo com sua versão, as vítimas inalaram um "misterioso gás" e então "caíram no chão".

    Leia tudo sobre: Afeganistãoatentadogáscriançasescolaestudantes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG