Bagdá - Pelo menos sete pessoas morreram hoje e outras 20 ficaram feridas devido aos impactos de bombas no bairro de maioria xiita de Cidade de Sadr, no leste de Bagdá, informaram fontes policiais iraquianas.

As fontes disseram que três projéteis caíram sobre várias zonas desse bairro, um dos redutos da milícia Exército Mehdi, leal ao clérigo radical xiita Moqtada al-Sadr.

O ataque também deixou grandes danos materiais em vários edifícios e lojas da área.

Mais de dois milhões de iraquianos vivem em Cidade de Sadr, que está cercado por tropas americanas e iraquianas diante de uma possível campanha militar, semelhante à promovida pelo Governo na cidade de Basra há duas semanas contra grupos criminosos.

Além disso, as ruas de Bagdá amanheceram sem trânsito de veículos, depois que o Executivo declarou nesta terça-feira um toque de recolher até a meia-noite de hoje para evitar atentados, por ocasião do quinto aniversário da queda do regime de Saddam Hussein.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.