Ataque com avião espião americano causa 12 mortes no Paquistão

Nova Délhi, 17 dez (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram hoje em um suposto ataque com mísseis a partir de aviões espiões americanos na região tribal paquistanesa do Waziristão do Norte, informou o canal de televisão Geo.

EFE |

O primeiro ataque seria dirigido a várias residências situadas a 25 quilômetros de Olham Shah, na fronteira com o Afeganistão.

No momento em que aldeões chegavam ao local do incidente, cerca de dez mísseis explodiram na região e mataram pelo menos doze pessoas, conforme fontes não identificadas pela "Geo".

Outras duas pessoas tinham perdido a vida horas antes em um novo ataque com mísseis no povoado de Datta Kheil Kay, próximo de Olham Shah, afirmaram órgãos de imprensa paquistanesa.

Os ataques dos aviões não tripulados americanos são frequentes na conflituosa região tribal paquistanesa Para combater à insurgência talibã, o Exército do Paquistão lançou uma ofensiva de grande escala no distrito vizinho do Waziristão do Sul, principal refúgio dos fundamentalistas paquistaneses. EFE amp/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG