Ataque aéreo a região tribal paquistanesa deixa ao menos 12 mortos

Islamabad - Pelo menos 12 pessoas morreram hoje em um ataque com mísseis supostamente perpetrado por forças americanas na região tribal paquistanesa do Waziristão do Norte, que faz fronteira com o Afeganistão, informou a imprensa local.

EFE |

O ataque, lançado por um avião não pilotado durante a madrugada nos arredores da cidade de Miranshah, deixou ainda dez feridos, segundo a emissora local "Geo TV".

Fontes oficiais citadas pela "Dawn TV" informaram que o ataque tinha como alvo um campo de treinamento da insurgência talibã.

Testemunhas citadas pela mesma emissora de TV informaram que entre as vítimas há mulheres e crianças.

O porta-voz do Exército Murad Khan disse à Agência Efe que tomou conhecimento do ataque pela imprensa, e que ainda não pode confirmá-lo.

A freqüência de ataques das forças americanas destacadas no Afeganistão contra alvos insurgentes no Paquistão aumentou este mês.

O governo e o Exército do Paquistão insistiram em que não permitirão estes ataques e defenderão a todo custo a soberania e integridade territorial do país.

Leia mais sobre: Paquistão

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG