Ataque a ônibus policial mata 5 na Turquia

DIYARBAKIR (Reuters) - Quatro estudantes da polícia e um civil foram mortos e muitas outras pessoas ficaram feridas em um ataque a um ônibus da polícia no sudeste da Turquia na quarta-feira, informou o ministro do Interior do país. Agressores não-identificados com armas e explosivos atacaram o veículo em uma movimentada rua nos subúrbios da cidade de Diyarbakir.

Reuters |

Um porta-voz do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) reivindicou a autoria do ataque.

"Esse incidente aconteceu de manhã em Diyarbakir, dentro da fronteira turca, onde uma patrulha turca abriu fogo em homens do PKK. Nossos homens responderam e mataram quatro deles e feriram mais de 30", disse o porta-voz do PKK Ahmed Danees.

Ele disse que não houve feridos entre os combatentes do

PKK.

Guerrilhas separatistas curdas frequentemente têm como alvo as forças armadas e a polícia no sudeste, cuja maior parte da população é composta por curdos.

O ministro do Interior Besir Atalay disse a jornalistas que até 19 pessoas ficaram feridas no ataque, e que algumas delas estavam em condição grave.

O ataque aconteceu pouco antes de o Parlamento em Ancara aprovar um pedido do governo para a extensão de um mandato para promover operações militares contra rebeldes do PKK baseados no norte do Iraque.

Imagens de televisão mostraram buracos de bala nas janelas do ônibus que carregava os estudantes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG