Ataque a helicóptero deixa mais 7 militares feridos no Peru

No primeiro ataque um oficial morreu e outros quatro ficaram feridos

EFE |

Sete militares ficaram feridos nesta segunda-feira após um helicóptero que participa das operações contra um destacamento terrorista ter sido atacado.

Horas antes, os terroristas haviam deixado um suboficial morto e quatro soldados feridos na região sulina de Ayacucho, informaram fontes oficiais.

O segundo ataque aconteceu durante as operações que eram realizadas nas cercanias do povoado de Machente, na província de La Mar, assinalou o Comando Conjunto das Forças Armadas.

Um helicóptero da Força Aérea Peruana (FAP) foi atacado quando patrulhas das forças especiais subiam na aeronave, o que causou ferimentos a bala no major Víctor Phillips del Castillo, enquanto outros seis militares foram feridos por estilhaços.

As forças especiais se deslocaram à zona depois que uma emboscada terrorista deixou nesta segunda-feira um militar morto e outros cinco feridos, integrantes de uma patrulha que fazia a segurança de veículos de um hospital de campanha que participou de uma ação de apoio social.

Segundo o Comando Conjunto, as operações militares continuam com patrulhas das Forças Armadas e da Polícia Nacional apoiadas por helicópteros.

    Leia tudo sobre: PERU TERRORISMO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG