Moscou, 3 ago (EFE).- Pelo menos cinco policiais morreram e outros seis ficaram feridos em um ataque da guerrilha islamita contra um comboio no sul da Chechênia, informaram hoje fontes policiais dessa república russa no Cáucaso Norte.

O ataque, que foi perpetrado na véspera, aconteceu em um caminho montanhoso a cerca de 20 quilômetros da localidade de Itum-Kale, informou à agência "Interfax" um porta-voz da Polícia.

O comboio, integrado por três veículos, foi baleado quando retornava da localidade de Shatoi indo para Sharoi.

Quatro dos agentes mortos tinham sido destinados provisoriamente à Chechênia da região de Novgorod, no norte da parte Europeia da Rússia, enquanto o quinto pertencia à Polícia local.

No dia 16 de abril as autoridades da Rússia retiraram o regime de operação antiterrorista em todo o território da Chechênia, que esteve em vigor durante cerca de dez anos.

No entanto, oito dias depois o Governo russo o reimplantou em três regiões da Chechênia: Shali, Shatoi e Vedenó.

Quando se anunciou o levantamento do regime de operação antiterrorista, o Ministério do Interior da Rússia declarou que esta medida ajudaria a retirada da quase a totalidade das unidades destacadas provisoriamente na Chechênia, que somam cerca de 20 mil homens. EFE bsi/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.