Atentado contra caminhões da Otan acontece perto de Islamabad, capital paquistanesa

Homens armados abriram fogo contra caminhões que transportavam suprimentos da Otan na região de Islamabad, capital do Paquistão, matando sete pessoas e destruindo uma dezena de veículos, informou nesta quarta-feira a polícia paquistanesa.

Os agressores dispararam e incendiaram cerca de dez caminhões de empresas paquistanesas que seguiam para abastecer as tropas da Otan no Afeganistão na madrugada desta quarta-feira, informou a polícia.

"Sete pessoas morreram, incluindo motoristas, ajudantes e gente que passava pelo local", disse o oficial da polícia Gustasab Khan. "Desconhecidos abriram fogo contra o comboio (...) e vários caminhões com combustível pegaram fogo. Era um comboio de suprimentos da Otan", informou.

Todos os veículos pegaram fogo, e, apesar dos esforços dos serviços de bombeiros que se deslocaram à região, os incêndios só foram controlados horas mais tarde, de acordo com a fonte. Segundo o relatório preliminar da polícia de Islamabad, o grupo de rebeldes era composto por pelo menos seis pessoas, que dispararam de diferentes pontos da estrada.

Este tipo de ataque é frequente no noroeste do Paquistão, na zona da fronteira com o Afeganistão, onde age o Taleban paquistanês, ligado à Al-Qaeda, mas esta é a primeira vez que ocorre próximo à capital do país. A ação ocorreu a menos de 15 km de Islamabad, na estrada para Peshawar, a grande cidade do noroeste do Paquistão.

O comboio seguia para abastecer a Força Internacional da Otan (Isaf) que combate o Taleban no Afeganistão. O Paquistão recebe cerca de 80% das provisões para as tropas estrangeiras alocadas no Afeganistão, que incluem material militar, combustível e alimentos.

* Com AFP e EFE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.