Ataque a bomba mata ao menos sete no Paquistão

Pelo menos sete pessoas morreram quando um homem-bomba detonou seus explosivos na cidade de Karma, no norte do Paquistão, horas antes de um atentado com um carro-bomba deixar pelo menos dez outras feridas a 80 km dali. O suicida atacou depois de ser parado em um posto de checagem nas proximidades de uma base da força aérea no início desta sexta-feira.

BBC Brasil |

Dois militares e cinco civis morreram na explosão.

Horas depois, um carro bomba explodiu do lado de fora de um restaurante em Peshawar, a cerca de 80 km de Karma e 150 km da capital paquistanesa, Islamabad. Dez pessoas ficaram feridas, mas não houve relatos de mortos.

Os ataques ocorrem um dia após o assassinato, a tiros, de um oficial do Exército e de seu motorista que estavam a caminho do trabalho em Islamabad.

O repórter da BBC em Islamabad Mark Dummet disse que este mês tem sido "extremamente sangrento" para o Paquistão. Mais de 190 pessoas morreram desde o início de outubro em ataques contra civis e militares em todo o país.

No sábado, o governo enviou milhares de soldados ao Waziristão do Sul, um reduto de militantes talebãs próximo da fronteira com o Afeganistão.

Dezenas de milhares de civis já deixaram a zona de conflito desde o início da operação, segundo o Exército.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG