Ataque a Bagram mata um americano e 12 insurgentes

Atentado coordenado contra a principal base americana no Afeganistão, em Bagram, deixa nove soldados dos EUA feridos

EFE |

Pelo menos 12 insurgentes do Taleban e um americano morreram nesta quarta-feira em um ataque contra Bagram, a principal base dos Estados Unidos no Afeganistão, informou a Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf). Ao menos nove soldados americanos ficaram feridos no ataque.

Segundo o comunicado da Isaf, os insurgentes atacaram a base com "projéteis, armas curtas e granadas", e quatro deles pretendiam cometer ataques suicidas. Um dos prédios teve pequenos danos.

"Embora esteja claro que o inimigo pretendia realizar um atentado espetacular, não conseguiram passar pelo perímetro, nem detonar os coletes explosivos", disse o tenente-coronel Clarence Counts, porta-voz militar. "A rápida reação das forças de segurança de Bagram salvou muitas vidas", acrescentou Counts.

AFP
Soldados patrulham ruas de perto da base de Bagram após ataque

Bagram é uma base aérea das forças dos EUA no Afeganistão localizada a 50 quilômetros de Cabul, na província de Parwan.

Segundo o chefe da polícia de Parwan, cinco rebeldes suicidas realizaram o ataque por volta das 3h pelo horário local (19h30 de terça-feira em Brasília) contra os postos de controle da instalação.

Durante uma hora, os soldados americanos e afegãos que vigiam a base mantiveram troca de tiros com os rebeldes.

O Taleban assumiu a autoria do ataque por meio de seu porta-voz, Zabiullah Mujahid, que confirmou a participação de pelo menos cinco insurgentes no ataque.

Mujahid acrescentou que a ação contra Bagram é parte da nova operação "Fatah" anunciada nos últimos dias, que vai intensificar seus ataques no país, com alvos nas grandes cidades.

Na última terça-feira, seis soldados estrangeiros e 12 civis morreram em Cabul na ação de um suicida do Taleban, que lançou um veículo carregado com explosivos contra um comboio da Isaf.

Cerca de 50 pessoas ficaram feridas neste atentado, que ocorreu nas proximidades de um centro de recrutamento do Exército do Afeganistão, no oeste da capital.

    Leia tudo sobre: TalebanAfeganistãoEstados Unidosatentado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG