T é acusada de discriminação a funcionários com mais de 40 anos - Mundo - iG" /

AT T é acusada de discriminação a funcionários com mais de 40 anos

Nova York, 20 ago (EFE).- A Comissão para Oportunidade de Emprego Igualitário dos Estados Unidos (EEOC, na sigla em inglês) apresentou hoje uma ação contra a operadora AT&T na qual acusa a maior empresa telefônica do país de discriminar seus antigos funcionários maiores de 40 anos.

EFE |

A companhia se negou a empregar novamente milhares de seus ex-funcionários pela única razão de terem mais de 40 anos, segundo defende a EEOC no processo interposto perante um tribunal de Manhattan.

As autoridades americanas informaram que a AT&T instituiu em 2006 uma norma interna que impedia a contratação de ex-funcionários que tinham se incorporado a planos de aposentadoria antecipada, apesar de estes programas incluírem a possibilidade de se reincorporarem ao elenco.

"A legislação federal proíbe os patrões de estabelecer normas internas que afetem negativamente empregados por razões de idade.

Isso é o que a AT&T fez", afirmou em comunicado o advogado da EEOC, Louis Graziano.

A agência federal, que apresentou esta ação a pedido de John Yates, um ex-funcionário da operadora de 57 anos, lembrou que antes de 2006 os trabalhadores pré-aposentados nunca tinham enfrentado obstáculos para retornar ao elenco da empresa.

A EEOC exige a reincorporação dos afetados, o pagamento de compensações por salários perdidos e uma sentença contra a companhia para que termine com este tipo de práticas. EFE jju/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG