Astrônomo americano consegue a primeira foto de um exoplaneta

Depois de oito anos em busca de imagens, um astrônomo americano conseguiu captar, com uma câmera do telescópio espacial Hubble, as primeiras fotografias ópticas de um exoplaneta situado a 25 anos-luz do Sistema Solar.

AFP |

Com uma massa provavelmente próxima da de Júpiter, este planeta orbita a estrela Fomalhaut na constelação de Piscis austrinus (Peixe Austral), situada quatro vezes a distância que separa Netuno do Sol, afirma Paul Kalas, da Universidade de Berkeley, Califórnia, principal autor do estudo.

O planeta, batizado Fomalhaut b, pode ter um sistema de anéis de dimensão comparável aos que rodeiam Júpiter.

Suspeitava-se da existência deste exoplaneta desde 2005, quando imagens feitas por Kalas com a ajuda da câmara de observação avançada do Hubble mostraram uma borda muito claramente definida no interior do cinturão de pó em torno de Fomalhaut, que levou a pensar num astro com uma órbita elíptica.

"Previmos este fenômeno em 2005 e agora temos a prova direta com duas fotos do planeta", afirmou Kalas.

js/cn-lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG