Astronautas instalam e recolhem experimentos fora da ISS

Washington, 22 dez (EFE).- Os astronautas Mike Fincke e Yury Lonchakov deixaram hoje a Estação Espacial Internacional (ISS) para seis horas de trabalhos nas quais instalarão e recolherão experimentos científicos.

EFE |

O comandante Fincke e o engenheiro de vôo Lonchakov deixaram o compartimento Pirs às 22h51 (de Brasília), informou a Nasa, que transmitiu ao vivo a operação em seu site.

Os dois astronautas vão instalar a Sonda Langmuir, um instrumento que medirá o potencial eletromagnético em torno do segmento russo da ISS.

Além disso, vão retirar o segundo de três contêineres do dispositivo científico russo Biorisk-MSN, instalado na plataforma em 2007.

Os astronautas também terão de fechar uma tampa exterior que tinha ficado aberta e recolocar um experimento que tinha sido desalinhado.

Se houver tempo suficiente, os dois astronautas fotografarão a antena do cargueiro russo de nova geração Progress M-01M, que apresentou alguns problemas de funcionamento durante seu lançamento, em 26 de novembro.

A missão número 18 da plataforma orbital é integrada pelo astronauta americano Michael Fincke, comandante da missão, assim como sua colega Sandra Magnus e o cosmonauta russo Valeri Lonchakov.

A ISS é um projeto de US$ 100 bilhões que conta com a participação de 16 países. EFE elv/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG